Dicas

Como o surto de coronavírus afeta as operações de Forex


Em 31 de dezembro de 2019, a China reportou ao mundo diversos casos de uma doença infecciosa respiratória que estava acometendo a cidade portuária de Wuhan. Desde então, diversos impactos têm sido sentidos na economia do mundo todo. O que todos queremos saber é como o surto de coronavírus afeta as operações de Forex?

Em 27 de fevereiro de 2020, durante o Carnaval, o primeiro caso de coronavísrus foi confirmado no Brasil. Os mercados responderam muito mal e a Bolsa de Valores brasileiras (Bovespa) teve queda superior a 6% no pregão seguinte ao anúncio.

No mundo inteiro, os mercados de Forex apresentaram variações bruscas relacionadas ao mal humor instaurado pela disseminação do vírus. Principalmente, com a divulgação dos impactos das medias de contenção da epidemia sobre o PIB dos países atingidos.

Como o surto de coronavírus afetou a China e seus impactos no Brasil?

A China é uma das principais economias do mundo, com grande tendência em tornar-se a maior economia do mundo nas próximas décadas. Ela é, também, especialmente importante pelo seu papel como grande e poderosa consumidora de commodities.

O Brasil é um grande fornecedor de commodities para a China e grande comprador de produtos industrializados chineses. Ambos sofreram redução com as paralizações sanitárias feitas para contenção da propagação da doença.

Qual o tamanho do risco gerado pelo novo vírus Covid-19?

Ao que tudo indica, embora a nova virose tenha um potencial bastante grande de contágio, as autoridades têm apontado que a letalidade é relativamente baixa. Isso significa que, embora vejamos mais casos aparecendo a cada dia, provavelmente o número de mortes deverá ser baixo.

Outro aspecto positivo é a utilização da tecnologia de sequenciamento genético, que mapeou o vírus rapidamente. Isso já permitiu a pelo menos três empresas farmacêuticas apresentarem projetos de vacinas para a nova doença. Essas drogas estarão em circulação dentro de um ou dois anos, acredita-se.

Então como o surto de coronavírus afeta as operações de Forex?

A princípio, o vírus tem impactado as operações de Forex pelo aumento significativo da oscilação dos Pares de Moedas.

Cada vez que um país anuncia um novo foco da doença, existe uma pressão negativa sobre as moedas daquele país e um consequente impacto sobre os pares de moedas relacionados a ele.

De certa maneira, os impactos mais pesados sobre as grandes economias foram sentidos nesse primeiro bimestre de 2020. Isso significa, que talvez o momento de maiores oscilações advindas dessas informações já tenham ficado para trás.

Agora, os impactos serão mais sentidos nos pares do tipo Exotics, pela relevância da China nesses pares e a disseminação do vírus por outros países asiáticos.

Educação é a melhor cura contra os males no mercado de Forex. Para saber lidar com os momentos onde informação externa à economia gera especulação no mercado de Forex, você precisa estar bem preparado. A Wiseinvest oferece um conteúdo financeiro que lhe permite compreender os impactos do coronavírus e outras pandemias sobre a economia.

Essas relações são aspectos psicológicos interessantes que influenciam os traders globalmente. Também são boas oportunidades para quem adota estratégias que analisam os “sentimentos” do mercado.

Para Lembrar!

  • A epidemia de coronavírus (Covid-19) afetou a economia mundial em proporções ainda desconhecidas em sua totalidade.
  • Os impactos de como o surto de coronavírus afeta as operações de Forex é principalmente percebido pelo aumento das oscilações nos pares de moedas.
  • Assinando o conteúdo financeiro da Wiseinvest, você fica sabendo qual o impacto dessa epidemia global e como proteger seus investimentos no Forex.

Os profissionais da Wiseinvest são multidisciplinares e podem ajudar você muito além do conteúdo financeiro básico.

Aqui você encontra as análises de tudo que pode influenciar seus investimentos no Forex.

Tem também acesso aos Sinais da Wise para não precisar se preocupar com nenhum surto ou pandemia global.

Aviso Legal: Forex e Contratos por diferença (CFDs) são instrumentos complexos e apresentam um alto risco de perda de dinheiro devido à alavancagem. Forex trading não é adequado para todos. Você deve considerar se entende como funcionam o forex e os CFDs e se pode se arriscar a correr o alto risco de perder seu dinheiro.

As corretoras de forex exibidas deverão negar o desempenho geral dos traders em suas plataformas. Oanda alerta que 76,8% dos retail traders perdem dinheiro negociando CFDs. A XTB alerta que 80% dos retail traders de forex perdem dinheiro negociando CFDs. A corretora de forex Fxcm adverte que 69,66% dos traders perdem dinheiro negociando CFDs.

Os desempenhos mencionados acima não estão relacionados ao sistema Wiseinvest AI forex trading e AI sinais de forex. Você pode verificar o desempenho do nosso sistema de IA forex em nosso dashboard.